Brasil

Exclusivo: Marília vai assumir a SUDENE

EXCLUSIVO

A deputada federal Marília Arraes, que disputou e perdeu a eleição para o Governo de Pernambuco, será superintendente da SUDENE no Governo Lula, segundo uma fonte do PT nacional. Ele entra na cota pessoal do presidente, como premio de consolação por não ter assumido um ministério.

ESTRUTURA

Com um orçamento de R$ 34,6 bilhões para investir em seus 11 estados de atuação por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), a Sudene projeta a aplicação de R$ 4,7 bilhões em programas que deverão contemplar Pernambuco em 2023. 

O aporte, que deverá contemplar programas como o PRONAF, FNE PNMPO, FNE P-FIES e FNE Sol Pessoa Física, será distribuído em sua maioria para o setor de infraestrutura. Além disso, boa parte do montante será destinado para prover recursos aos empreendimentos de produtores de mini, micro, pequeno e pequeno-médio porte (portes prioritários).

A proposta de aplicação dos recursos do FNE para 2023 acatada pelo Conselho prevê a seguinte aplicação: Bahia (R$ 8,1 Bilhões), Ceará (R$ 5 bilhões), Pernambuco (R$ 4,7 bilhões), Maranhão (R$ 3,6 bilhões), Piauí (R$ 3 bilhões), Rio Grande do Norte (R$ 2,1 bilhões), Minas Gerais (R$ 2 bilhões), Alagoas (R$ 1,7 bilhão), Paraíba (R$ 1,7 bilhão), Sergipe (R$ 1,7 bilhão) e Espírito Santo (R$ 547,4 milhões).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia