Brasil

Ministra da Saúde faz pronunciamento e reforça cuidados com alta de dengue

Com aumento de 252% nos casos de dengue no país em janeiro, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, foi à rede nacional na noite desta terça-feira (6) pedir para os brasileiros intensificarem os cuidados contra o mosquito em casa. Segundo a ministra, cerca de 75% dos focos do mosquito estão dentro das residências.

— Vamos tampar as caixas d’água, descartar o lixo corretamente, manter as vasilhas de água dos animais sempre limpas, guardar garrafas e pneus em locais cobertos, retirar água acumulada dos vasos e plantas — alertou Trindade.

O aumento de casos de dengue vem preocupando o governo, já que os números de janeiro deste ano superaram significativamente os de janeiro do ano passado. Foram 232,9 mil casos identificados no país nas quatro primeiras semanas epidemiológicas de 2024, período que foi até 27 de janeiro, segundo dados do ministério. No mesmo período em 2023, foram registrados 65,3 mil.

A ministra da Saúde destacou a importância de ações coordenadas entre os gestores de saúde para conter o aumento de casos:

— É fundamental que os prefeitos e prefeitas intensifiquem os cuidados com a limpeza urbana, evitando o acúmulo de lixo e de água onde os mosquitos se proliferam. Da mesma forma, é essencial a ação dos governadores, apoiando seus sistemas de saúde.

No último sábado, o ministério iniciou os trabalhos do centro de operações de emergência, equipe que irá coordenar as ações de combate à dengue e monitorar o avanço da doença. O COE deverá fazer reuniões diárias para monitorar a situação epidemiológica da doença e as ações de resposta à emergência em curso. Serão produzidos relatórios diários, semanais ou mensais.

A vacinação contra a doença com a vacina Qdenga está prevista para começar em fevereiro, ainda sem dia anunciado. A campanha será destinada para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos de regiões com alta incidência de casos. Ao todo, 521 municípios do país receberão as doses neste ano.

Foram selecionadas cidades de mais de 100 mil habitantes com alta transmissão de dengue, com predominância do sorotipo dois. A vacinação irá abranger todas as regiões do país.

As doses adquiridas dão conta de vacinar 3,2 milhões de pessoas neste ano. Para 2025, segundo o ministério, estão asseguradas 9 milhões de doses.

Fonte: Farol de Notícias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia