Brasil

Cláudio Castro diz que não irá colocar câmeras em farda de PMs: ”se o STF quiser, ele obriga”

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro(PL), disse, nesta quinta-feira (20/4), que não vai determinar a instalação de câmeras de segurança em fardas de policiais militares em áreas críticas. Para o chefe do Executivo fluminense, se o Supremo Tribunal Federal (STF) quiser, “ele obriga”: “Não será um ônus nas minhas costas”.

Durante o Lide Brazil Conference, que ocorre em Londres, Cláudio Castro declarou que não obrigará o uso de câmera de áudio e vídeo em regiões onde policiais corram risco de morrer. O governador justificou que as imagens podem ser vazadas.

“Não consigo conceber. Em um país onde nem o que a Suprema Corte diz que é segredo de Justiça as imagens são respeitadas, imagina a imagem que coloque a vida do policial em risco? É a minha única divergência hoje. Não colocarei câmera onde meu policial corra risco de morte. Se a Suprema Corte quiser, ela obrigue a colocar, e esse não será um ônus nas minhas costas. Temos compromisso com a vida dos policiais”, declarou o governador do Rio.

Ao comentar as ações do governo estadual na área de segurança, Cláudio Castro citou a compra de 21 mil câmeras corporais, mas revelou que diverge em relação ao uso dos equipamentos durante operações

Fonte: Terra Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia