Brasil

Vaquinha para ajudar entregador agredido com coleira de cachorro supera R$ 210 mil em 48h

O entregador Max Ângelo dos Santos ganhou notoriedade depois de ser agredido pela professora e ex-jogadora de vôlei, Sandra Mathias, no dia 9 de abril, na zona sul do Rio de Janeiro. O caso repercutiu por demonstrar tamanha agressividade contra o entregador que não revidou os ataques da mulher.

A visibilidade que o caso trouxe fez com que uma vaquinha fosse criada para auxiliar Max a realizar o sonho de comprar uma casa para a sua família. A vaquinha foi aberta na sexta-feira, 14, com uma meta de acumular R$ 190 mil e em menos de dois dias já ultrapassou o montante de R$ 210 mil.

A vaquinha conta com o apoio e divulgação do apresentador Luciano Huck e do ator João Vicente, que compartilharam o projeto, visando ajudar Max e abrir espaço para que casos semelhantes sejam denunciados.

O entregador é pai de três filhos e tem uma jornada de trabalho de 18 horas desde que perdeu um emprego de carteira assinada. Em entrevista ao O GLOBO, Max contou que está esperando a vaquinha ser concluída para iniciar a procura por imóveis e que parte do dinheiro acumulado será destinado para a educação dos filhos.

Fonte: O Povo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia