Pernambuco

Raquel Lyra vai propor Plano Estadual de Cultura com validade de dez anos

A governadora Raquel Lyra (PSDB) deve propor, nos próximos dias, um novo Plano Estadual de Cultura (PEC).

O Blog obteve a informação, sob reserva de fonte jornalística, com servidores da Secretaria Estadual de Cultura.

A ideia é que o Plano Estadual de Cultura tenha vigência de dez anos.

O Estado, em articulação com a sociedade civil, procederá ao monitoramento contínuo, assegurando avaliações do Plano Estadual de Cultura a cada 3 (três) anos e Conferências Estaduais de Cultura a cada 4 (quatro) anos.

Um dos principais objetivos é aprimorar a regionalização da política pública da cultura de modo que atenda todo o território estadual.

Outra frente será a contribuir para igualdade da mulher e contra o racismo e toda forma de discriminação sexual, física, ideológica e religiosa.

A gestão tucana diz querer a democratização dos meios de comunicação e dos mecanismos de difusão cultural.

O projeto, segundo a fonte, está sendo analisado pela Casa Civil e ainda não seguiu para a Assembleia.

O novo Plano depende da aprovação dos deputados estaduais, por projeto de lei ordinária.

Fonte: JC

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia