Pernambuco

Tabira, Sertânia e Custódia entre os 25 municípios de PE com risco de surto de arboviroses

Apesar da acentuada queda de casos suspeitos de arboviroses em Pernambuco neste primeiro trimestre de 2023 em relação ao mesmo período do ano passado, 25 municípios pernambucanos se encontram em “situação de risco de surto”. O número consta de boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) e referente até o 10 de abril sobre Dengue, Zika e Chikungunya.

Dos 25 municípios, a maioria – 12 – se localiza no Agreste de Pernambuco, enquanto 9 estão no Sertão – confira a lista completa ao fim do texto. Camaragibe e Abreu e Lima são os dois da Região Metropolitana do Recife que estão situação de risco de surto de arbovirose. Também na Zona da Mata há dois municípios, Aliança e Tracunhaém.

Esse cenário é com base no Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa). O método de amostragem, explica a SES-PE, é “rápido e simplificado, que permite ao sistema de saúde acompanhar a situação dos mosquitos no território” e, no País, integra o Programa Nacional do Controle da Dengue (PNCD) desde 2002.

A metodologia analisa a infestação predial, com a densidade de larvas nos imóveis positivos para o mosquito “Aedes aegypti” de uma área urbana. Quando o índice de imóveis positivos para presença de larvas é superior a 3,9%, o município tem “risco de surto”.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco, no entanto, informa que os índices são de probabilidade: “Não significa que, mesmo com índice alto, haverá um surto”. Segundo a SES-PE, as metodologias não permitem acompanhar a contaminação do mosquito pelos arbovírus: “Isso significa que, mesmo que tenhamos índices altos, pode haver baixo índice de contaminação dos mosquitos e não haver surto.”

Em relação ao restante de Pernambuco, 56 municípios se encontram em situação satisfatória (quando o índice de infestação predial é menor que 1%) e 102 em situação de alerta (índice entre 1% e 3,9%). Segundo a SES-PE, nesses dois percentuais, que apontam probabilidades, o surto de arbovirose “são bem menos prováveis de acontecer”. Quipapá, na Zona da Mata Sul, não enviou o índice.

Municípios de Pernambuco em situação de risco de surto de arbovirose:

Região Metropolitana do Recife:

  • Abreu e Lima
  • Camaragibe
  • Zona da Mata
  • Aliança
  • Tracunhaém

Sertão

  • Carnaubeira da Penha
  • Custódia
  • Granito
  • Inajá
  • Parnamirim
  • Pedra
  • Serra Talhada
  • Sertânia
  • Tabira

Agreste

  • Bom Conselho
  • Brejo da Madre de Deus
  • Caruaru
  • Gravatá
  • Limoeiro
  • Feira Nova
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • São Bento do Uma
  • Surubim
  • Terezinha
  • Tupanatinga
  • Venturosa

Fonte: Afogados FM

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia