Brasil

FLÁVIO DINO SAI DE AUDIÊNCIA NA CÂMARA APÓS BRIGA INTENSA ENTRE DEPUTADOS

A segunda visita do ministro da Justiça, Flávio Dino, à Câmara dos Deputados resultou em briga intensa entre os parlamentares. Em meio a ameaças de violência, xingamentos e gritos entre deputados, o ministro foi embora da audiência na Comissão de Segurança Pública, que foi encerrada por determinação de seu presidente, deputado Sanderson (PL-RS).

O atrito começou em meio à tentativa do ministro de responder aos questionamentos dos deputados Gilvan da Federal (PL-RS), Eder Mauro (PL-PA) e Eduardo Bolsonaro (PL-SP) sobre a política desarmamentista adotada pelo governo, sobre sua visita à comunidade da Maré e sobre o combate ao crime organizado. Flávio Dino foi interrompido em sua resposta por Gilvan, iniciando uma briga que se intensificou até Duarte (PSB-MA) abrir uma questão de ordem acusando, aos gritos, quadros da oposição de violação do código de ética da Câmara.

O clima beligerante dos deputados já se manifestava desde o início da audiência, e Dino já havia anunciado que não permaneceria caso não retomassem o respeito no debate. Sanderson, em determinado momento, chegou a convidar os deputados que obstruíam a reunião a se retirar da comissão, passo previsto no regimento interno para anteceder eventuais expulsões.

Fonte: UOL

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia