Pernambuco

Comissão do Autismo: João de Nadegi propõe grande plano estadual de inclusão

O deputado estadual João de Nadegi propôs um grande plano de inclusão para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), que envolva os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. O assunto foi pauta da Comissão Especial para tratar do tema instalada, nesta segunda-feira (10), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A partir do colegiado, serão discutidas as ações e propostas com a meta de garantir a dignidade, respeito e o acompanhamento profissional das pessoas com TEA e seus familiares. 

João de Nadegi, autor do requerimento que criou a comissão, preside o colegiado, que conta com ainda com os deputados titulares Rosa Amorim (PT/vice-presidente), Rodrigo Novaes (PSB/relator), Eriberto Filho (PSB) e Rodrigo Farias (PSB); além dos suplentes Dani Portela (PSOL), Mario Ricardo (Republicanos), Renato Antunes (PL), France Hacker (PSB) e Joãozinho Tenório (Patriota).

A instalação do colegiado foi muito prestigiada e lotou o Plenário Ênio Guerra, na Alepe. Participaram representantes de associações e grupos como o Mobiliza TEA PE; AMA; AME Olinda; Clube Girassóis; Associação Mães e Anjos Azuis; Liga Neural; Instituto João de Tito; Grupo Super Mães; Instituto Valerinho; Famílias Unidas pela Inclusão; Família Atípica; Juntos pela Inclusão Paulista; Mães Atípicas; AMAR; SOS Tudo pelo Social; Grupo Autista de Camaragibe; NDI; SES- Hospital Barão de Lucena; Associação Afeto; Grupo Construir; TEAQC e Projeto Cuidar de Quem Cuida, entre outros.

“Tenho certeza que a comissão vai ser vibrante! Esse colegiado vai chamar todo Pernambuco para essa temática tão importante e, muitas vezes, esquecida pelo Estado; negligenciada pelos poderes”, disse João de Nadegi.

O parlamentar ainda destacou a grande oportunidade de se debater o tema com a sociedade. “Esta é uma chance de chamarmos as associações, os poderes constituídos, professores, cientistas, saúde, educação; enfim, todo mundo paro o debate. Vamos ter diversos plenários, diversas reuniões; vamos dar oportunidade às mães, que são as principais guerreiras dessa luta, serem ouvidas. E que a gente saia com um plano, com diretrizes, com propostas para serem encaminhadas tanto para o poder Legislativo quanto para o poder Executivo. Unidos, de mãos dadas, estamos dando o valor que essa temática merece”, ressaltou João de Nadegi.

Fonte: Blog do Marcio Fellipe

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia