Eleições

ELEIÇÕES UVP 2023: Justiça suspende pleito e aponta irregularidades

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) anulou o de edital de convocação e suspendeu a eleição de diretoria executiva e conselho fiscal da União de Vereadores de Pernambuco (UVP), que é comandada pelo presidente da Câmara de Gravatá, Léo do Ar (PSDB)

O documento convocando para o pleito foi publicado no Diário Oficial do Estado-DOE, no dia, 17 de fevereiro, estipulando que as inscrições de chapas para concorrência aos cargos de direção e conselho fiscal da UVP, deveriam ser realizadas nos dias 3 e 4 de março. Mas o dia 4 foi um sábado e a associação funciona apenas de segunda a sexta-feira, descumprindo assim, o Estatuto e dificultando a concorrência das chapas interessadas.

Além disso, não foi realizada a ampla divulgação do pleito, apenas constando no Diário Oficial e não no site oficial da entidade, e nem divulgado com mínimo de 15 dias antes de sua realização.

Confira o documento da decisão judicial neste link.

O que diz a UVP :

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral da União dos Vereadores de Pernambuco, advogado Geraldo Cristovam, o pleito ainda está marcado para ocorrer na na próxima segunda-feira, 3 de abril, e ocorrerão no município de Araripina.

Sem mostrar algum documento, Geraldo afirmou que as decisões judiciais estão a favor da realização da eleição, pois a comissão teria feito todos os procedimentos previstos no Estatuto da entidade.

Do Portal de Prefeitura

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia