Pernambuco

INMET: Deve continuar chovendo no Nordeste

Até o dia 3 de abril, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê maiores acumulados de chuva, com valores superiores a 70 mm, em áreas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além de áreas pontuais do leste de Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

As chuvas na faixa norte do País, devem ser ocasionadas pela combinação do calor e alta umidade com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) no decorrer da semana.

Já na Paraíba até a Bahia, Roraima, além de áreas pontuais do Centro-Oeste, Sudeste e Sul, a previsão é de pouca chuva na maioria dos dias.

Confira abaixo a previsão do tempo detalhada

Previsão para a 1ª semana (até 03/04/2023)

No Nordeste, são previstos acumulados de chuvas que podem superar 70 mm no norte da região, principalmente do Maranhão até o Rio Grande do Norte. Porém, desde o sertão da Paraíba até o sul Bahia, uma massa de ar quente e seca reduz os acumulados de chuvas, que contribui para manter temperaturas elevadas e reduzir a umidade relativa que pode chegar a 20%.

No Norte do Brasil, podem ocorrer volumes de chuva maiores que 70 milímetros (mm) em grande parte da região, principalmente em áreas do Amazonas, Roraima, Pará e Tocantins. Nas demais áreas, os acumulados de chuva ficarão abaixo de 50 mm.

No Centro-Oeste, a previsão é de pancadas de chuvas que podem ultrapassar os 60 mm, principalmente no início da semana, no noroeste do Mato Grosso. Nas demais áreas, a massa de ar quente e seca reduz os acumulados de chuvas ao longo da semana, que não devem ultrapassar os 40 mm, mantém as temperaturas elevadas e diminui a umidade relativa que pode chegar a 20%.

Já na Região Sudeste, o deslocamento de um sistema frontal pelo oceano, no início da semana, deverá contribuir com acumulados no litoral da região, principalmente no Rio de Janeiro e Espírito Santo. Em Minas Gerais, o ar quente e seco deve diminuir os acumulados de chuvas, que contribui para manter as temperaturas elevadas e diminuir a umidade relativa, que pode chegar a 20%.

Por fim, na Região Sul, o início da semana será de pouca chuva. Porém, a partir de quinta-feira (30), uma nova frente fria deverá avançar sobre a região, trazendo acumulados de chuva maiores que podem ultrapassar os 60 mm, principalmente no litoral de Santa Catarina e Paraná, além de grande parte do Rio Grande do Sul.

Entre os dias 4 e 12 de abril de 2023, a previsão do Inmet indica grandes volumes de chuva, que podem superar os 100 mm, no centro-norte do País. Já no litoral de São Paulo e do Paraná, além do oeste do Rio Grande do Sul, os acumulados de chuvas podem chegar aos 70 mm.

Nas áreas do interior do Nordeste, grande parte da Região Sudeste e Centro-oeste, são previstos baixos volumes (menores que 30 mm).

Previsão para a 2ª semana (04/04 a 12/04/2023)

Na Região Nordeste, os acumulados de chuva podem ultrapassar 100 mm em áreas do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Nas demais áreas, os totais de chuva serão menores e não devem ultrapassar os 60 mm.

No Norte, são previstos acumulados maiores que 70 mm em praticamente toda a região. Já em áreas centrais do Pará, leste do Amazonas e do Tocantins, os volumes de chuva podem superar os 100 mm.

A previsão indica muita chuva na Região Centro-Oeste, principalmente em grande parte do Mato Grosso, podendo variar entre 60 e 90 mm de chuva. Nas demais áreas, a previsão é de pouca chuva com valores inferiores a 40 mm.

No Sudeste, os maiores acumulados de chuva podem ocorrer no litoral de São Paulo e Rio de Janeiro, com valores que podem ultrapassar 70 mm. Nas demais áreas, os volumes de chuva não devem ultrapassar 60 mm.

Por fim, na Região Sul, os maiores acumulados de chuva são previstos para o leste do Paraná e de Santa Catarina, além do noroeste e litoral do Rio Grande do Sul com volumes chegando a 70 mm. Nas demais áreas, os acumulados de chuva poderão variar entre 10 e 30 mm.

Fonte: INMET

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia