Brasil

Corpo de professora assassinada por aluno em escola é enterrado em SP

O corpo da professora Elizabeth Tenreiro, de 71 anos, assassinada por um aluno de 13 anos na Escola Estadual Thomazia Montoro, na Vila Sônia, foi enterrado no início da tarde desta terça-feira (28) no Cemitério do Araçá, na zona oeste de São Paulo. A cerimônia foi restrita à família.

Pela manhã, vários alunos foram para a entrada da escola fazer uma vigília em homenagem à professora Beth, como era chamada. Elizabeth era funcionária aposentada do Instituto Adolfo Lutz da Secretaria de Estado da Saúde, onde atuava como técnica de laboratório. Segundo o governo de São Paulo, Elisabeth era professora desde 2013 e dava aulas de ciências na escola desde o início deste ano.

“Elisabeth chegou contribuindo ativamente com a instituição ao longo de quatro décadas de trabalho na área de planejamento e desenvolvimento de atividades”, disse o governo, em nota. 

O governo de São Paulo decretou nesta segunda-feira (27) luto oficial de três dias pela morte da professora Elisabeth Tenreiro. Ela deixa três filhos e quatro netos.

Estudantes fazem vigília em frente à Escola Estadual Thomazia Montoro, em São Paulo

Fonte: Folha de São Paulo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia