Brasil

PISO SALARIAL ENFERMAGEM: Ministra da Saúde confirma medida provisória para pagamento do piso

Falta pouco para a conclusão da Medida Provisória que vai garantir o pagamento do piso salarial da enfermagem em todo o Brasil. Insatisfeita com a demora, a categoria fez uma paralisação nacional nessa sexta-feira (10). 

Em Pernambuco. durante o ato, o 2º Gabinete do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Pernambuco determinou o fim da greve

A lei que determina o pagamento do piso salarial da enfermagem está suspensa há mais de cinco meses por decisão judicial proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Medida Provisória que pode aplicar o piso salarial da enfermagem ainda não teve prazo revelado pela ministra da Saúde, Nísia Trindade. A primeira versão da minuta ficou pronta em fevereiro. 

Durante evento na cidade de São Paulo, nessa sexta-feira (10), a ministra declarou que a Medida Provisória será implementada em breve. Segundo ela, faltam apenas alguns detalhes para que a ação entre em vigor.

“A informação que tenho é que deverá sair em breve. Faltavam alguns ajustes que dizem respeito principalmente à repartição dos recursos que precisam ser mobilizados para dar conta desse piso em nível nacional”, pontuou a ministra da Saúde.

Segundo Nísia Trindade, alguns fatores estão influenciando na demora para a implementação da MP do piso salarial da enfermagem.

“Alguns fatores de correção de desigualdades em função do PIB de estados e municípios e carências relacionados a essas situações econômicas”, concluiu.

Por Raphael Guerra do JC

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia