Pernambuco

Asserpe repudia agressão a equipe da TV Guararapes

Enquanto realizava a cobertura de um incêndio na noite desta sexta-feira (10), no bairro do Ipsep, na Zona Sul do Recife, a equipe da TV Guararapes (afiliada da Record) foi agredida por quatro homens durante a entrada ao vivo para o programa Cidade Alerta.

Os agressores partiram para cima do repórter Alex Silvestre, do cinegrafista Anderson Bolinha e do motorista Carlos Alberto, na tentativa de impedir que os profissionais de imprensa filmassem o incêndio e conversassem com as famílias que moravam no imóvel atingido.

O equipamento de filmagem foi danificado ao ser derrubado no chão. “Atenção, comandante da Polícia Militar, a nossa equipe está sendo agredida no meio da rua. O que é isso?”, protestou o apresentador André Estanislau ao ver a cena.

A Associação das Empresas de Rádio e TV de Pernambuco – Asserpe, repudiou o episódio em nota e cobrou a responsabilização dos responsáveis pela violência:

Nota oficial: hostilidade a equipe da TV Guararapes

A ASSERPE, Associação das Empresas de Rádio e Televisão de Pernambuco, repudia, veementemente, a violência e intimidações registradas contra equipe da TV Guararapes, nesta sexta, dia 10 de março, na capital pernambucana.

A equipe, formada por Alex Silvestre (repórter), Anderson Bolinha (cinegrafista) e

Carlos Alberto (motorista da TV) foi intimidada por pelo menos dois homens quando realizava a cobertura de incêndio em um apartamento no bairro do IPSEP.

Os profissionais foram intimidados e agredidos no exercício de sua atividade jornalística, em flagrante afronta ao direito de informar o povo pernambucano.

A ASSERPE solicita às autoridades responsáveis uma rigorosa apuração dos fatos, com a identificação e punição dos criminosos.

Fonte: Blog do Nill junior

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia