Pernambuco

Raquel Lyra sai do Palácio para atender mulheres de diversas organizações e movimentos sociais e garante criação de grupo de trabalho para discutir reivindicações

Mulheres de diversas organizações, movimentos sociais e sociedade civil, do Recife e da Região Metropolitana, estiveram, na noite dessa quarta-feira (8), em frente ao Palácio do Campo das Princesas, para entregar um manifesto à governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), com uma série de reinvindicações contra a fome, o desemprego, o racismo, o feminicídio e o transfeminicidio. 

Uma comitiva do Ato 8M chegou a ser formada para tentar viabilizar a entrega em mãos do documento a governadora, quando a própria gestora decidiu conversar pessoalmente com as manifestantes que se encontravam na frente da sede do Executivo. A vice-governadora Priscila Krause (Cidadania) e secretárias estaduais também acompanharam a leitura da pauta trazida pelos movimentos. 

“Hoje é dia de luta, de combater todas as violências contra a mulher, e dia de reflexão. Não estou aqui para fazer discurso, estou aqui para ouvir a pauta de reivindicação e propor a criação de um grupo de trabalho com representantes das entidades aqui de mulheres, e que a gente possa fazer a discussão dentro do governo”, declarou Raquel Lyra, em meio a cobranças de ações efetivas que possam garantir os direitos das mulheres cis, trans, e travestis. 

Fonte: JC

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
× Envie sua Notícia